Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

COVID-19

Anticorpos híbridos contra o coronavírus

Uma estratégia promissora para prevenir e tratar a infecção pelo novo coronavírus foi testada com sucesso em camundongos por pesquisadores do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Texas, nos Estados Unidos. A equipe de Zhiqiang An desenvolveu em laboratório anticorpos híbridos com alto poder de neutralizar o Sars-CoV-2 que podem ser aplicados por meio de um spray nasal. Os pesquisadores examinaram anticorpos contra o novo coronavírus produzidos por pessoas saudáveis e, entre os mais promissores, identificaram imunoglobulinas G (IgG) capazes de reconhecer a proteína da espícula, que permite ao vírus invadir as células. As IgG são altamente especializadas em identificar cada tipo de invasor, mas são produzidas lentamente. O grupo de An decidiu fundir a porção das IgG que têm como alvo o vírus com outro tipo de anticorpo, as imunoglobulinas M (IgM), sintetizadas rapidamente, mas menos específicas. Aplicados seis horas antes ou seis horas depois da infecção, os anticorpos híbridos reduziram drasticamente a quantidade de vírus nos pulmões dos camundongos em comparação com os tratados com placebo (Nature, 3 de junho). Uma empresa planeja testar os anticorpos em seres humanos.

Republicar