guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Disseminação

Armazém de idéias

Parceria leva à internet transcrições do programa Roda Viva

A FAPESP  e a TV Cultura celebraram um acordo de cooperação para colocar no ar o Portal Roda Viva-FAPESP, por meio do qual o público terá acesso às transcrições de mais de mil entrevistas realizadas pelo programa Roda Viva, produzido há 21 anos pela rede de televisão pública paulista. A versão piloto do portal já funciona em caráter experimental no endereço www.tvcultura.com.br/portalrodaviva. Por enquanto, exibe as primeiras páginas transcritas de 16 entrevistas, entre as quais a de nomes como o líder cubano Fidel Castro, o dramaturgo Plínio Marcos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o presidente venezuelano Hugo Chávez, o publicitário Oliviero Toscani e o escritor José Saramago. Dentro de cerca de dois meses, quando os testes estiverem concluídos, será lançada a versão definitiva do portal.

“Daqui a um ano, todas as entrevistas já deverão estar transcritas e disponíveis na íntegra. O portal funcionará como uma espécie de enciclopédia das temáticas tratadas no programa”, afirmou o jornalista Paulo Markun, apresentador do programa e novo presidente da Fundação Padre Anchieta, entidade que mantém a TV Cultura e as rádios Cultura AM e FM. Cada entrevista será acompanhada de um vídeo de dois minutos com trechos do depoimento. “O portal terá uma importância cultural, científica e jornalística fantástica, dando acesso universal aos conteúdos do Roda Viva de forma organizada”, afirmou o presidente da FAPESP, Carlos Vogt. Trata-se de um material que ajuda a compreender o processo de desenvolvimento do país, que será bastante útil, por exemplo, para a educação em sala de aula e para a pesquisa em ciências sociais.

Financiado pela FAPESP, o projeto do portal foi apresentado pelo Núcleo de Estudos de Políticas Públicas (Nepp) e está sendo executado em parceria com o Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor), ambos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Pesquisadores trabalham na transcrição e na edição dos programas, sob a coordenação do professor Pedro Luiz Barros e Silva, do Nepp, e do professor Carlos Vogt, do Labjor. O projeto aprovado pela FAPESP para a preparação do conteúdo e o desenvolvimento do portal é da ordem de R$ 277.269,05.

A intenção do projeto é facilitar o acesso ao notável acervo de depoimentos do Roda Viva, que é o mais antigo e um dos mais respeitados programas de entrevistas da televisão brasileira. “Quem procura o Roda Viva está interessado no conteúdo discutido com os entrevistados. A melhor maneira de se apropriar desse conteúdo é o formato de texto, que permite copiar livremente e utilizar o material de muitas formas”, disse Paulo Markun, que já testara o formato, com boa aceitação, na coletânea de entrevistas O melhor do Roda Viva (Editora Conex). Na internet, a pesquisa das entrevistas será facilitada por um mecanismo de buscas que identifica palavras-chave e remete aos programas em que tais temas foram abordados. Informações complementares, na forma de hipertextos, também estarão disponíveis nas transcrições.

Republish