Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

última gota

Até a última gota

laurabeatrizVários países do Oriente Médio se uniram para ajudar os agricultores de suas regiões mais áridas a tirar o máximo proveito dos recursos hídricos disponíveis. A iniciativa vai envolver comunidades rurais do Egito, Jordânia, Líbano, Palestina, Síria, Iraque e Iêmen. O objetivo é ampliar a produtividade das culturas agrícolas e da pecuária. O Centro Internacional para Pesquisa Agrícola em  Áreas Secas (Icarda), com sede na Síria, vai liderar o projeto e gerenciar os recursos fornecidos por agências e doa­dores estrangeiros. Universi­dades norte-americanas fornecerão suporte tecnológico. Theib Oweis, pesquisador do Icarda, disse que os agricultores conhecerão técnicas para fazer um uso “mais efetivo e construtivo” da água, como a chamada irrigação suplementar. Por meio dela, as culturas são irrigadas durante os estágios críticos de crescimento utilizando apenas um terço do consumo habitual de água. Até agora a iniciativa já recebeu US$ 1 milhão da Usaid, a agência norte-americana para o desenvolvimento internacional. O sucesso do plano será monitorado em nível local, com pesquisadores medindo a produtividade de água antes e depois da aplicação de uma nova técnica. A ideia é que os resultados do projeto ajudem a moldar novas políticas públicas na região.

Republicar