guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Mundo

Bush luta contra sistema de cotas

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, afirmou que universidades como a de Michigan, que adota política batizada de ação afirmativa e reserva vagas para minorias, como negros ou hispânicos, vão contra a Constituição norte-americana. “Nossa Constituição deixa claro que pessoas de todas as raças devem ser tratadas igualmente sob a lei”, disse. Ele argumentou que a intenção da universidade pode ser boa, mas o resultado é a discriminação.

A Casa Branca não vai interpelar a universidade judicialmente. O governo entregará à Suprema Corte dos Estados Unidos um documento em que argumenta contra esse sistema de seleção, que, aliás, já está sendo contestado por três alunos brancos que se sentiram discriminados. A Suprema Corte já havia julgado e considerado ilegal o sistema de cotas para minorias, no final da década de 70. Ainda assim, a Universidade de Michigan vêm utilizando o critério raça e etnia para promover a diversidade cultural entre os seus estudantes.

Republicar