Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnologia

Câmera térmica mede febre a distância

UFPE

Em parceria com colegas do Instituto para Redução de Riscos e Desastres de Pernambuco (IRRD-PE), pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) desenvolveram um drone equipado com uma câmera térmica capaz de aferir a temperatura de indivíduos a distância. Ao visualizar aglomerações, o aparelho passa a medir a temperatura das pessoas para identificar quem tem febre, um dos sintomas associados às infecções pelo novo coronavírus. Quanto mais intensa for a cor captada pela câmera, mais elevada é a temperatura corporal. No Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, outro tipo de equipamento, um totem com visão computacional, mede automaticamente a febre de quem chega perto da recepção. O sistema foi desenvolvido por duas startups paulistas de inteligência artificial, a Hoobox, com apoio da FAPESP, e a Radsquare.

Republicar