guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Anemia falcilfome

Células para o fêmur

Em um ensaio clínico feito com 89 pessoas com necrose de fêmur associada à anemia falciforme,  um grupo de pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA), da Universidade de São Paulo (USP) e da Faculdade de Medicina de Petrópolis conseguiu impedir a progressão da degeneração e reduzir as dores ao injetar próximo à cabeça desse osso uma mistura de células-tronco extraídas dos próprios pacientes. No experimento, o grupo coordenado pelo ortopedista Gildasio Daltro, da UFBA, implantou na articulação do fêmur com o quadril células-tronco da medula óssea enriquecidas com células precursoras do tecido ósseo e acompanhou os participantes por um período que variou de um a cinco anos. Em todos os casos o problema estabilizou-se e 96% dos participantes sentiram menos dor (Stem Cell Research and Therapy, maio de 2015). Ainda são necessários mais estudos para testar a eficácia prolongada do procedimento.

Republicar