guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

CNPq sob nova administração

O neurocirurgião da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Esper Cavalheiro assumiu a presidência do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em 19 de outubro. Ele entrou no lugar de Evando Mirra, que assumiu a direção do recém-criado Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. O centro prestará assessoria técnica ao governo federal no acompanhamento e gestão de recursos de pesquisa e desenvolvimento. Lúcia Melo e Marisa Cassin, vindas do Ministério da Ciência e Tecnologia, já trabalham com Mirra no centro.

A princípio, nada muda no CNPq, embora o objetivo natural com o provável aumento de recursos em razão da criação dos diversos fundos setoriais seja o de crescer o número de bolsas, além de se abrir mais linhas para o financiamento de projetos de pesquisa. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) também tem novo diretor, Luiz Carlos Moura Miranda, pesquisador que trabalhou em diversos institutos e universidades no Brasil e no exterior. Ultimamente lecionava da Universidade Estadual de Maringá.

Republicar