guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

American Astronomical Society

Contribuição premiada

O astrônomo brasileiro Sylvio Ferraz-Mello, 78 anos, que é professor emérito e foi diretor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP) entre 1981 e 1985, recebeu o Brouwer Award 2015, concedido pela Divisão de Astronomia Dinâmica da American Astronomical Society a pesquisadores com contribuições relevantes na área. Para marcar a premiação, a Pró-reitoria de Pesquisa da USP e o IAG promoveram no dia 16 de junho uma comemoração e uma palestra ministrada pelo astrônomo, intitulada “Chaos nos sistemas planetários”. “Este é o prêmio mais importante da minha carreira”, diz Mello, cuja pesquisa tem como ênfase a dinâmica do Sistema Solar e os sistemas planetários extrassolares. Ele é bacharel em Física pela USP e doutor em Ciências Matemáticas pela Académie de Paris, na França. Ocupou posições temporárias como professor nas universidades de Paris (França), La Plata (Argentina), Porto (Portugal) e Viena (Áustria). A União Astronômica Internacional deu o nome “Ferraz-Mello” ao asteroide 1983 XF (5201), descoberto em 1983. Entre 1999 e 2001, o pesquisador dirigiu o Observatório Nacional, instituto de pesquisa vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Republicar