Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Coqueluche volta a preocupar

Causada pela bactéria Bordetella pertussis, a coqueluche reapareceu entre adultos na França – e com uma nova forma de transmissão: não mais entre crianças, mas de adultos para crianças. O alerta partiu do Instituto de Vigilância Sanitária, que atribui a situação à redução da proteção vacinal. Em 217 adultos com tosse persistente, o sintoma mais característico, 32% tinham coqueluche e não sabiam.

E, entre os pacientes já confirmados, 60% já haviam sido vacinados e 33% tiveram a doença na infância. A recomendação é que os médicos fiquem atentos: um adulto com tosse persistente aguda ou crônica pode estar com coqueluche – e, na dúvida, é melhor manter longe as crianças e os recém-nascidos. Na França, estima-se que 300 mil adultos possam estar com coqueluche.

Republicar