guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

CPDOC chega a São Paulo

Laura BeatrizCriado em 1973 no Rio de Janeiro, o Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC), da Fundação Getúlio Vargas, abriu recentemente uma coordenação em São Paulo, liderada pela historiadora Letícia Nedel, que trabalha há três anos na instituição. “A iniciativa é consequência do aumento de nossas atividades do centro na capital paulista”, diz Celso Castro, diretor do CPDOC. Ele cita a participação de cursos de pós-graduação lato sensu em conjunto com a Escola de Economia da FGV de São Paulo, em Bens Culturais e em Cinema Documentário, e o projeto intitulado “Trajetória e pensamento das elites empresariais paulistas”, que envolve a criação de um acervo de entrevistas filmadas. “Trata-se da mesma instituição, com os mesmos padrões e objetivos, apenas operando nos dois lugares”, diz Castro. Além de ministrar cursos em história e ciências sociais, o CPDOC abriga o mais importante acervo de arquivos pessoais de homens públicos do país, num total de 1,8 milhão de documentos. Entre eles destacam-se os dos presidentes Getúlio Vargas, João Goulart e Ernesto Geisel, todos disponíveis para consulta on-line no endereço www.cpdoc.fgv.br.

Republicar