Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

COVID-19

Dengue aumenta risco de sintomas de Covid-19

Bárbara Prado

O risco de desenvolver sintomas de Covid-19 ao ser infectado pelo novo coronavírus é duas vezes maior em indivíduos que tiveram dengue no passado. É o que indicam análises de amostras de sangue de 1.285 moradores de Mâncio Lima, no Acre, coletadas em novembro de 2019, antes do início da pandemia, e, novamente, em novembro de 2020. Sob coordenação do médico Marcelo Urbano Ferreira, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, os pesquisadores identificaram anticorpos contra o vírus da dengue em 37% da população avaliada até novembro de 2019. Também encontraram anticorpos contra o Sars-CoV-2 em 35,2% das amostras até novembro de 2020. Eles então cruzaram esses dados com informações clínicas dos voluntários que tiveram Covid-19. Constataram que a infecção prévia por dengue não alterou o risco de contaminação pelo Sars-CoV-2. A probabilidade de desenvolver sintomas de Covid-19, porém, foi duas vezes maior entre as pessoas que já haviam tido dengue (Clinical Infectious Diseases, 6 de maio). Ainda não se sabe se as razões desse fenômeno seriam biológicas ou socioeconômicas.

Republicar