Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Brasil

Depois do sinal verde, o dinheiro

Os ministérios da Ciência e Tecnologia e da Saúde lançaram edital no valor de R$ 11 milhões direcionado para pesquisas com células-tronco. Pela primeira vez serão contemplados projetos com células extraídas de embriões humanos, cuja pesquisa só foi liberada a partir da aprovação da nova Lei de Biossegurança. Metade desses recursos é proveniente do Fundo Setorial de Biotecnologia, gerido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e outra metade da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. As verbas financiarão projetos de pesquisa clínica para desenvolvimento de terapias inovadoras utilizando células-tronco derivadas da medula óssea, do cordão umbilical e também as embrionárias. O anúncio foi feito em reunião da Frente Plurissetorial da Câmara dos Deputados. “O debate feito nesta Casa aproximou a sociedade, comunidade científica, portadores de necessidades especiais e ajudou o país a conquistar um marco regulatório de qualidade para que a inteligência científica brasileira continue trabalhando”, destacou o ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos. O ministro da Saúde, Humberto Costa, ressaltou que não é prudente esperar milagres ou resultados imediatos das pesquisas. “Temos ainda um grande caminho a ser trilhado e, se não começássemos agora, ficaríamos muito atrasados”,  afirmou.

Republicar