guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Brasil

Derivado do ipê é patenteado

A síntese de uma nova substância a partir da Beta-lapachona, um derivado natural do lapachol, extraído de plantas da família dos ipês, foi feita por um grupo de pesquisadores do Departamento de Química Orgânica da Universidade Federal Fluminense (UFF), coordenado pelo professor Vitor Francisco Ferreira. Eles estão verificando a atividade antimicrobiana da substância e a sua adoção no tratamento da doença de Chagas.

A Beta-lapachona será testada no combate a bactérias patogênicas resistentes à vancomicina, antibiótico utilizado no tratamento de várias infecções, e também contra o câncer. A comprovação dessas atividades abrirá espaço para a fabricação de novos fármacos. O depósito da patente da nova substância no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), no ano passado, representou uma conquista especial para a UFF. Em seus 42 anos de existência, completados em dezembro do ano passado, foi a primeira vez que a universidade teve uma patente registrada.

Republicar