Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Geologia

Exoplanetas com rochas exóticas

Representação artística de detritos rochosos sendo atraídos por anã branca

NOIRLab / NSF / AURA / J. da Silva

Planetas rochosos que orbitam estrelas fora do Sistema Solar podem ter composição química bem diferente da encontrada na Terra. O astrônomo Siyi Xu, do Laboratório Nacional de Pesquisa em Astronomia no Óptico e Infravermelho (NOIRLab), e o geólogo Keith Putirka, da Universidade Estadual da Califórnia, ambos nos Estados Unidos, chegaram a essa conclusão ao analisar a composição da atmosfera de 23 anãs brancas distantes até 650 anos-luz do Sol. Uma anã branca é o que sobra de uma estrela como o Sol após explodir e expulsar suas camadas externas. Naturalmente, a atmosfera dessas estrelas contém apenas hidrogênio e hélio. O núcleo remanescente, no entanto, é tão denso que atrai material de planetas e astros próximos. Na atmosfera das anãs brancas estudadas, os pesquisadores identificaram cálcio, silício e magnésio e, a partir da concentração desses elementos, calcularam quais minerais e rochas poderiam ter existido nos planetas vizinhos. O número de composições é elevado, alguns sem correspondente no Sistema Solar (Nature Communications, 2 de novembro).

Republicar