Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Dados

Geração de energia elétrica quase dobra de valor desde 2001, mas mantém perfil limpo

  • A geração de energia elétrica anual do Brasil passou de 329 terawatts-hora (TWh) em 2001 para 626 TWh em 2019, crescimento de 90%. Entre 2016 e 2019, a geração cresceu 8,1%, mais do que o dobro do crescimento da economia no período, de 3,6% (PIB)
  • A participação de fontes renováveis, hidrelétrica, eólica, solar e outras (no caso do Brasil, majoritariamente biomassa) era de 84% em 2001
    e de 83% em 2019
  • Hidrelétricas responderam por 64% do total em 2019, em queda contínua ao longo do período. A participação das demais fontes renováveis mais que dobrou, atingindo 18,8%. Energia eólica respondeu por 8,9%, energia solar, por 0,9%, e outras renováveis (a maior parte biomassa) por 9,0%
  • A geração termelétrica a gás apresentou a segunda maior participação no total (9,4%), seguida da geração a carvão (4,1%), nuclear (2,6%) e óleo (1,3%)

 

 

  • O Brasil foi o 7º país em volume de geração de energia elétrica em 2019, com 626 TWh. China (7.445 TWh) e Estados Unidos (4.387 TWh) lideram, respondendo por 44% da energia gerada mundialmente em 2019
  • Entre os 35 países com pelo menos 100 TWh gerados em 2019, o Brasil, com 83% de sua energia elétrica gerada a partir de fontes renováveis, está apenas atrás da Noruega, cujo índice é de 98%
  • A participação das fontes renováveis no total de energia elétrica gerado no mundo foi de 26%, mesmo índice da China
  • Apenas cinco países, Noruega, Brasil, Canadá, Venezuela (não incluído no gráfico) e Suécia, entre os maiores produtores, têm fontes renováveis respondendo por mais de 50% da geração de eletricidade
  • Globalmente, a fonte mais importante foi carvão, gerando 9.824 TWh (37% do total), seguido por gás (6.298 TWh, 24%), hidrelétrica (4.222 TWh, 16%) e nuclear (2.796 TWh, 10%). As demais fontes renováveis responderam por apenas 10% do total gerado

 

Fontes PIB – IBGE. Geração energia elétrica: Our World in Data, mantido na Universidade de Oxford. https://ourworldindata.org/grapher/electricity-production-by-source (acesso: 12/10/2020)

Republicar