Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Fotolab

Lama vital

Embora a Amazônia seja conhecida por outro tipo de floresta, é lá que está a maior faixa de manguezal do mundo. Mais de 50 comunidades estuarino-costeiras dependem dos recursos da Reserva Extrativista Marinha Caeté-Taperaçu, em Bragança – cerca de 200 quilômetros a leste da capital paraense –, por meio da pesca, da coleta de caranguejos (caso do morador na foto), da queima de madeira para fazer carvão, entre outros usos. Como parte do projeto “Mangues da Amazônia”, a engenheira ambiental peruana Indira Eyzaguirre realiza entrevistas a fim de fazer um diagnóstico do estado do manguezal a partir da representação da população local, visando uma proposta de modelo para conservação.

Imagem enviada por Indira Eyzaguirre, estudante de doutorado no Laboratório de Ecologia de Manguezal da Universidade Federal do Pará (Lama-UFPA)

Sua pesquisa rende fotos bonitas? Mande para imagempesquisa@fapesp.br. Seu trabalho poderá ser publicado na revista.

Republicar