Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Massacre no litoral gaúcho

Oito filhotes de lobos-marinhos foram encontrados mortos no litoral do Rio Grande do Sul. Os principais suspeitos da chacina são identificados pela sigla POP – de poluentes orgânicos persistentes. Pesquisadores do Laboratório de Microcontaminantes Orgânicos e Ecotoxicologia da Fundação Universidade do Rio Grande (FURG) fizeram análises químicas no organismo dos filhotes e constataram o acúmulo de PCBs, poluentes derivados de óleos isolantes térmicos, e de pesticidas DDTs, Clordanes e HCHs.

Os poluentes não provinham de contaminação direta, mas de bioacumulação antiga – provavelmente vieram por meio do leite materno de fêmeas contaminadas há anos. Ainda não se pode dizer que os poluentes tenham sido a causa direta das mortes, mas já se sabe que essas substâncias favorecem o surgimento de infecções oportunistas.

Republicar