Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Mudanças climáticas

Milho mais resistente

Instituições de pesquisa do México e de países da África lançaram uma parceria para desenvolver 70 novas variedades de milho, mais tolerantes à seca, à baixa fertilidade do solo e a pragas. O projeto Stress-Tolerant Maize for Africa (STMA) destina-se a combater os efeitos das mudanças climáticas na agricultura da África subsaariana, que sofre com uma redução da frequência e da intensidade de chuvas nas últimas décadas. A expectativa é de que as variedades aumentem a produtividade de milho em 30% a 50%, de acordo com o International Maize and Wheat Improvement Center, sediado no México. Mais de 5 milhões de famílias de pequenos agricultores que plantam milho na região podem ser beneficiadas. “O projeto utilizará tecnologias modernas que conferem resistência a pragas e estresse hídrico”, disse ao portal SciDev.net Tsedeke Abate, líder do projeto e ex-diretor do Instituto de Pesquisa Agrícola da Etiópia.

Republicar