guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Brasil

No Sul, a gripe das galinhas

Há uma nova bactéria nas granjas: é a Ornithobacterium rhinotracheale, que se espalha facilmente e causa uma doença respiratória em galinhas, patos, gansos e perus. Não ameaça os seres humanos, mas é sinônimo de prejuízo econômico: as aves infectadas crescem menos e põem menos ovos, algo nada desejável em um país que é um dos maiores exportadores de frango do mundo. A Ornithobacterium rhinotracheale, que já havia sido encontrada nos Estados Unidos, na Europa, na África e no Japão, foi identificada no país pela equipe do veterinário Cláudio Canal, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em parceria com a Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e com o Centro de Diagnóstico Veterinário Brasil Sul. Em todos os 50 lotes de frangos de nove empresas avícolas gaúchas havia indícios de contaminação pela bactéria. Um artigo publicado na Avian Diseases descreve essa contaminação e outro na Research in Veterinary Science caracteriza a bactéria encontrada no Rio Grande do Sul, o maior produtor de frangos do país. A confirmação abre a possibilidade de o Ministério da Agricultura autorizar a importação de vacinas, já usadas em outros países.

Republicar