Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Violência

Noitadas mais curtas

Eduardo Cesar Diadema: bares fechados, menos mortesEduardo Cesar

Desde julho de 2002 os bares de Diadema, na Grande São Paulo, fecham as portas às 11 da noite. A mudança foi uma resposta da prefeitura à violência na cidade, que em 1999 detinha o quarto lugar no ranking brasileiro dos municípios com maior taxa de homicídio – em grande parte ligada ao consumo de bebidas alcoólicas. Para descobrir se a medida surtiu efeito, Sérgio Duailibi, Ilana Pinsky e Ronaldo Laranjeira, da Universidade Federal de São Paulo, e pesquisadores norte-americanos, analisaram as taxas de homicídio entre 1995 e 2005, antes e depois da nova lei (American Journal of Public Health). A queda que observaram indica que basta fechar os bares mais cedo para evitar quase nove assassinatos por mês numa cidade de 360 mil habitantes. O número de ataques a mulheres também foi menor no período 2000-2005, mas os autores são cautelosos em atribuir a queda ao fechamento dos bares. O resultado foi sentido pela população. A medida, que parecia impopular, foi em parte responsável pela reeleição do prefeito José de Filippi Junior em 2004.

Republicar