Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Paleontologia

Novo pterossauro

Um novo pterossauro de cauda longa, Wukongopterus lii, foi descrito por pesquisadores chineses e brasileiro baseados em um esqueleto quase completo de um indivíduo com abertura alar estimada em 730 milímetros. O exemplar foi encontrado nas camadas Daohugou (ou formação Daohugou) em Linglongta, Jianchang, província de Liaoning, China. Wukongopterus lii é um pterossauro não pterodactiloide diagnosticado pela presença de dois pares de dentes pré-maxilares posicionados antes do início do dentário, vértebras cervicais alongadas e a segunda falange do quinto dígito do pé fortemente curvada. Este espécime também apresenta uma tíbia quebrada indicando que a quebra ocorreu com o animal em vida. A análise filogenética difere de resultados anteriores indicando que mais trabalhos são necessários até que uma estabilidade da relação de parentesco entre os pterossauros não pterodactiloides seja alcançada. Os dados foram publicados no artigo “An unusual long-tailed pterosaur with elongated neck from western Liaoning of China”, de Xiaolin Wang, da Academia Chinesa de Ciências, Alexander W.A. Kellner, do Museu Nacional (Rio de Janeiro), e Shunxing Jiang e Xi Meng, da Universidade da Academia Chinesa de Ciências.

Anais da Academia Brasileira de Ciências – vol. 81 – nº 4 – Rio de Janeiro – dez. 2009

Link para o artigo

Republicar