guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Sociologia

O fim da sociedade

Partindo da constatação de que a pesquisa sociológica não corresponde mais à sua definição clássica e que, consequentemente, chegou o momento de a comunidade acadêmica superar a contradição entre a sociologia profissional e a sociologia crítica, Alan Touraine, da École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, discute alguns pontos centrais da proposta do norte-americano Michael  Burawoy acerca da sociologia pública. Por meio do recurso a experiências provenientes da vida intelectual europeia, norte-americana e latino-americana, Touraine esforça-se, no artigo “A sociologia pública e o fim da sociedade”, em relacionar a sociologia pública ao processo político mais geral de reconhecimento dos direitos dos atores sociais, capaz de organizar o campo no interior do qual uma “sociologia geral dos atores” possa florescer e se desenvolver. O autor constata que existem tempos em que a demanda por teorização é mais urgente; e outras épocas em que a crítica social tem prioridade. Ele conclui que, se a comunidade sociológica ainda afirma a necessidade de identificar os principais problemas sociais contemporâneos, então a combinação da sociologia pública com a sociologia profissional se faz mais necessária.

Cadernos CRH – vol. 22 – nº 56 – Salvador – maio/ago. 2009

Link para Artigo

Republicar