guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

O safári fotográfico de Dennis Tito no espaço

No final, tudo acabou bem. O milionário norte-americano Dennis Tito, de 60 anos, foi e voltou do espaço são e salvo. E o que é mais importante: sem colocar em risco a sua vida e a dos cosmonautas russos Talgat Musabayev e Yuri Baturin, que passaram oito dias com o empresário na Estação Espacial Internacional (ISS). Mas Tito foi obrigado a seguir à risca as ordens da Nasa, a agência espacial americana, crítica feroz da empreitada: não mexer em nada.

Antes de viajar, ele assinou um documento se comprometendo a pagar por qualquer dano que viesse a ocorrer na ISS e isentando a Nasa da responsabilidade por problemas de saúde que pudessem acontecer. Tito passou a maior parte do tempo como se estivesse num safári fotográfico. Tirou fotos da Terra, da ISS, dos tripulantes e de tudo o que parecesse novidade. “Provei que um homem comum pode ir ao espaço, desde que treinado”, disse. Dono de uma fortuna de US$ 200 milhões, Tito pagou US$ 20 milhões pelo passeio sideral. O valor equivale a 15% do orçamento anual da agência espacial russa.

Republicar