Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Mudanças Climáticas

O tempo foge

NASA El Niño (no alto) e La Niña afetam clima na AmazôniaNASA

Os pequenos fazendeiros do interior do Pará encontram-se vulneráveis e desamparados diante das mudanças climáticas, a julgar pelos eventos dos últimos anos, atestaram os antropólogos Eduardo Brondizio e Emilio Moran, da Universidade de Indiana, Estados Unidos. Em 6 anos de levantamentos de campo, eles verificaram que anomalias climáticas como o El Niño podem arruinar pequenos fazendeiros e forçá-los a migrar para as cidades. Sem recomendações sobre como agir nem informações sobre as variações locais do tempo, já que as previsões meteorológicas só chegam ao nível regional, esses fazendeiros não mudam suas práticas agrícolas, ainda que acompanhem as discussões sobre as mudanças climáticas. Outra constatação: como o clima se altera muito e rapidamente na Região Norte, eles logo apagam da memória até os eventos climáticos extremos. Mais da metade dos entrevistados em 2002 não se lembrava da seca causada pelo El Niño de 1997-1998, uma das piores já registradas (Philosophical Transactions of the Royal Society). Esses agricultores precisam de quem transforme as tendências do clima em informações que os ajudem a tomar decisões e a prever secas.

Republicar