Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

O verdadeiro rei Escorpião

Enquanto no Brasil o descompromissado filme de pancadaria Escorpião Rei, protagonizado por um astro da luta livre norte-americana, lota as salas de cinema, no Egito um casal de pesquisadores descobre o que pode ser o mais antigo registro escrito humano relatando um feito do lendário rei Escorpião. Só que, lá, a história é séria. O rei Escorpião teria sido um líder guerreiro de grande importância para a unificação dos principados regionais do antigo Egito, numa época anterior à das dinastias faraônicas. A placa calcária com 50 cm de comprimento encontrada pelo casal de arqueólogos John e Débora Darnell num oásis a 400 km do Cairo pode ser o mais antigo documento histórico conhecido: tem 5.250 anos.

Segundo os pesquisadores, os desenhos estilizados da placa estariam relatando o retorno vitorioso do rei Escorpião à cidade de Ábidos, após vencer uma batalha em Naqada. O rei estaria representado pela imagem de um falcão – símbolo do deus Hórus e sinônimo de rei – sobre um escorpião. O que os cientistas querem provar, agora, é que as figuras sobre a placa não são apenas desenhos, mas sinais ideográficos, com interpretação simbólica.

Republicar