guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Mundo

Os riscos dos sedativos

Dormir mais, à custa de remédios, nem sempre compensa – ao menos para os idosos, os riscos podem superar os benefícios. Uma análise de 24 estudos feitos entre 1966 e 2003 com 2.417 pessoas com 60 anos ou mais, publicada no British Medical Journal, indicou que os efeitos colaterais de sedativos como os benzodiazepí­nicos – tonteira, perda de equilíbrio e quedas – foram freqüentes a ponto de se pensar que tratamentos não medicamentosos poderiam levar a resultados melhores no tratamento de insônia.

Republicar