Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Pol. Públicas

Pernambuco, entre os grandes

O estado de Pernambuco vai investir R$ 100 milhões em pesquisa até 2010. O orçamento da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) saltará de R$ 6 milhões, em 2007, para R$ 20 milhõe sem 2008; R$ 30 milhões em 2009; e R$ 40 milhõesem 2010. O dinheiro será repassado à fundação na forma de duodécimos. “Assumimos um compromisso que já está no nosso Plano Plurianual e na Lei Orçamentária de 2008. Estamos trabalhando para que isso se torne lei”, afirmou o governador Eduardo Campos, ex-ministro da Ciência e Tecnologia. “Esses números vão transformar Pernambuco em liderança, em condições de brigar com eixos como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, no que diz respeito ao fomento da ciência e tecnologia.” Entre 2002 e 2005, com um orçamento médio de R$ 2,5 milhões, a Facepe mergulhou numa crise institucional desastrosa, lembrou seu presidente, Diogo Simões. Agora a fundação poderá “dar respostas aos desafios e terá segurança para se articular com instituições de fomento”, enfatizou.

Republicar