Prêmio CBMM
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Plástico tem poder de auto-regeneração

Microcápsulas com um agente químico “cicatrizante” e um catalisador são inseridas num composto matriz. Se ocorre alguma fissura no material, as cápsulas ali se rompem e liberam o agente, que entra em contato com o catalisador e inicia um processo de polimerização, preenchendo a falha. O novo material plástico foi desenvolvido em pesquisa coordenada por Scott White, pesquisador e professor de engenharia aeronáutica e astronáutica da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos.

“Ele pode ser usado onde um polímero sintético atua hoje”, disse White, segundo o informativo The Daily Illini Online. Com essa capacidade de auto-regeneração, o material feito com polímeros sintéticos teria o tempo de vida útil aumentado. Como o custo de produção previsto ainda é muito alto, as aplicações mais prováveis seriam em setores mais sofisticados, como a indústria aeroespacial. O uso de plásticos auto-regeneráveis é também um sonho antigo da indústria automobilística.

Republicar