Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Medicina

Programa de medicamentos reduz mortes

Um programa do governo federal que ampliou o acesso a medicamentos contra doenças crônicas reduziu de modo significativo as mortes e internações associadas à hipertensão e ao diabetes, duas das principais causas de agravos à saúde e mortalidade no país. Implantado em 2004, o Programa Farmácia Popular do Brasil tinha como meta completar, por meio de rede própria de estabelecimentos ou de convênios com estabelecimentos particulares, a distribuição de medicamentos, que já ocorria via farmácias de unidades de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Em parceria com colaboradores do Instituto de Economia Aplicada (Ipea), Aléssio Cavalcanti de Almeida, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), examinou de 2003 a 2016 os dados anuais de mortalidade e internação decorrentes de hipertensão e diabetes de 5.566 municípios. Ele notou que o Farmácia Popular levou a uma redução média anual de 27,6% nas hospitalizações e de 8% nas mortes associadas às duas enfermidades. O programa beneficiou até a população de municípios sem cobertura, que se valeram da rede de cidades vizinhas (Revista de Saúde Pública, 31 de janeiro).

Republicar