guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Reconhecimento em Stuttgart

Reconhecimento em Stuttgart

arquivo pessoalVarela: destaque no estudo de reações eletroquímicas para conversão de energiaarquivo pessoal

O engenheiro químico Hamilton Varela, professor do Instituto de Química da Universidade de São Paulo em São Carlos (IQSC-USP), recebe no final deste mês o Prêmio Ertl, do Centro Ertl de Eletroquímica e Catálise, localizado na cidade de Gwangju, na Coreia do Sul. Em sua primeira edição, o prêmio busca reconhecer grandes contribuições realizadas na instituição. Único brasileiro entre os membros fundadores do centro, Hamilton Varela atua, desde 2010, como responsável pela área de cinética complexa, com ênfase no estudo de reações eletroquímicas de interesse em sistemas de conversão de energia (ver Pesquisa FAPESP 
nº 165). Já publicou mais de 50 trabalhos em revistas indexadas, incluindo-se um 
recente artigo de capa da revista PCCP, da Royal Chemistry Society, do Reino Unido. O Centro Ertl foi fundado e é dirigido por Gerhard Ertl, vencedor do Prêmio Nobel de Química de 2007. Ertl foi diretor do departamento de físico-química do Instituto Fritz Haber, da Sociedade Max Planck, em Berlim, durante o período em que Hamilton Varela realizava seu doutorado. “Além de ser um dos grandes nomes da área de ciência de superfície e cinética complexa, Ertl é um exemplo de gestor e liderança científica. Trabalhar sob sua direção foi muito importante na minha carreira e ganhar um prêmio que leva o seu nome é muito especial”, afirma o pesquisador Varela. Entre 2005 e 2007, ele foi apoiado pela FAPESP por meio do programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes. O prêmio será 
entregue durante o Ertl Symposium on Surface and Interface Chemistry, que acontece entre 24 e 27 de junho em Stuttgart, na Alemanha.

Republish