guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Revista Ciência e Cultura renasce

Publicação de vida longa, mas intermitente, Ciência e Cultura volta a circular agora, em julho. A revista é uma feliz iniciativa da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), lançada um ano depois da criação da entidade, em 1949. O pesquisador e jornalista José Reis foi o seu idealizador e diretor em dois períodos, de 1949 a 1954 e de 1972 a 1985. Seus primeiros redatores poderiam compor o quadro de qualquer publicação de divulgação científica do mundo: Marcello Damy de Souza Santos, Heinrich Rheinboldt, Viktor Leinz, Carlos Arnaldo Krug e Newton Freire-Maia. Em 1991, Ciência e Cultura passou a ser publicada em inglês, bimestralmente. Mas, em julho de 2000, a SBPC decidiu que ela deveria adotar uma linha temática e voltar a ser escrita em português.

Agora, no 54º ano de sua história, a revista renasce com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), FAPESP, Instituto Uniemp e com o suporte técnico do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A SBPC e a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo são seus autores institucionais. Agora editada pelo lingüista e poeta Carlos Vogt, a revista terá periodicidade quadrimestral, sempre com artigos e notas originais. O tema deste primeiro número é Violência, cuja coordenação de produção de textos foi delegada a Sérgio Adorno, do Centro de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP).

Republicar