guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Revolta contra a astrologia

O governo da Índia está insistindo numa proposta que vem provocando uma tempestade de protestos entre os pesquisadores do país: quer criar departamentos de astrologia nas universidades. Segundo a revista Nature (17 de maio), a comissão encarregada do assunto oferece um fundo para pagar professores por cinco anos, biblioteca, computadores e banco de horóscopos. O departamento deve estar pronto até 2002. A idéia partiu do ministro da Ciência indiano, o físico Murli Joshi: que também ocupa a pasta da Educação. Joshi acredita que todas as respostas procuradas pelos cientistas estão contidas nos antigos escritos em sânscrito, chamados Vedas e Upanishad. A Academia Nacional de Ciência diz que a astrologia na universidade vai legitimar a pseudociência e a superstição e ainda abalará a credibilidade que o país tem em pesquisa. Mas o governo não dá sinais de que voltará atrás. “Se alguém pedir financiamento para uma pesquisa em astrologia, nós veremos se faz sentido cientificamente, antes de liberar o dinheiro”, adianta Valangiman Ramamurthi, secretário do Departamento de Ciência e Tecnologia.

Republicar