guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Sensor cerâmico detecta vazamento

A situação é muito comum na maioria dos municípios brasileiros: a contaminação do lençol freático por vazamentos ocorridos em postos de combustível. Isso acontece quando os tanques de armazenamentos têm fissuras, e a gasolina, o álcool ou o óleo diesel atingem a água presente no subsolo. Agora, graças a um projeto desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), que prevê o desenvolvimento de sensores cerâmicos para monitoramento de lençóis freáticos, o problema poderá ser facilmente detectado.

Os sensores são capazes de apontar a presença de hidrocarbonetos como benzeno, etanol e tolueno, presentes em combustíveis, nos lençóis freáticos. Misturadas à água e consumidas pela população, essas substâncias podem causar câncer e outros problemas à saúde. Segundo o químico Aldacir Pazini, assessor da diretoria técnica da Tecpar e coordenador do projeto, será empregada a tecnologia de ressonância de plasma – um estado da matéria provocado por um gás ionizado a temperaturas elevadas – para o desenvolvimento do sensor, que permitirá medições em tempo real. Um protótipo deverá ficar pronto em 2003.

Republicar