Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Mundo

Sob o céu da Argentina

China e Argentina acabam de estabelecer uma cooperação na pesquisa em astronomia. O Observatório Nacional da Academia de Ciências da China vai instalar um equipamento astronômico de precisão na Universidade San Juan, na Argentina. Trata-se de um Satellite Laser Ranging (SLR, na sigla em inglês), cuja função é medir com precisão, por meio de emissões de raios laser, distâncias entre telescópios em terra e refletores de satélites em órbita. O tempo de viagem de ida e volta é medido e serve para calcular a distância. Além de mostrar a órbita exata do satélite, o equipamento permite, por exemplo, monitorar a rotação do planeta, tomando-se medidas de diversas estações na superfície terrestre. A tecnologia existe desde a década de 1950. O aparelho construído na China pertence à terceira geração dos SLR e tem precisão maior do que a maioria dos equipamentos existentes, boa parte deles instalada no hemisfério Norte. A Província de San Juan, nos Andes argentinos, é local privilegiado no hemisfério Sul para abrigar o instrumento. Técnicos chineses passarão uma temporada na Argentina, para ajustar o instrumento. Os resultados científicos serão compartilhados pelos dois países. (Xinhuanet, 9 de setembro)

Republicar