Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

robótica

Toque sensível para robôs

Ali Javey and Kuniharu Takei / UC BerkeleyPele é formada por nanofiosAli Javey and Kuniharu Takei / UC Berkeley

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos Estados Unidos, anunciaram ter conseguido criar uma pele artificial que poderá equipar robôs conferindo a eles um toque sensível o suficiente para segurar um ovo ou uma taça de cristal. A pele é feita de materiais semicondutores flexíveis e poderá também, a depender de novos estudos, restabelecer a sensibilidade do toque em pacientes dotados de próteses. Para isso será preciso desenvolver mais pesquisas visando à integração de sensores eletrônicos com o sistema nervoso humano. Para desenvolver o material, os pesquisadores fabricaram nanocabos ultrafinos com uma liga de silício e germânio e depois os revestiram com uma camada de borracha, formada por pequenos sensores, sensível ao toque. Materiais inorgânicos como o silício têm excelentes propriedades elétricas e são quimicamente estáveis. Testes revelaram que a pele artificial distingue várias escalas de força, desde a usada para digitar em um teclado de computador até a empregada para segurar um objeto. A tecnologia foi divulgada em artigo na revista Nature Materials (12 de setembro).

Republicar