Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

fundo

Um fundo, vários alvos

O Uruguai vai receber da União Europeia (UE) US$ 5,6 milhões para investir em ciência e tecnologia entre 2011 e 2013. O fundo, anunciado em maio em Montevidéu, se soma a US$ 15 milhões que a UE destinou em 2008 para a criação de um programa de inovação. O novo investimento tem vários objetivos. Um deles é desenvolver o Instituto Pasteur de Montevidéu como centro de excelência regional. Busca-se, também, apoiar a internacionalização de um centro de pesquisa de softwares, ampliar o polo tecnológico da cidade de Pando e criar clusters de empresas tecnológicas em áreas estratégicas. Segundo o embaixador Geoffrey Barret, chefe da delegação da Comissão Europeia no Uruguai, a parceria iniciada em 2008 vem fortalecendo os vínculos entre a academia e as empresas no país. “O programa está ajudando a promover a transferência de conhecimento”, disse à agência SciDev.Net.

Republicar