guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Visibilidade internacional

O programa Biota FAPESP co-organizou dois simpósios na segunda edição da DIVERSITAS Open Science Conference, que ocorreu na Cidade do Cabo, África do Sul, entre os dias 13 e 16 de outubro. “Tratou-se do principal evento em 2009 na área de biodiversidade”, diz Carlos Alfredo Joly, coordenador do Biota. O primeiro simpósio abordou a utilização de dados científicos no aprimoramento de políticas públicas de conservação ambiental. O segundo tratou da estruturação de bancos de dados na área de biodiversidade e sua utilização para a tomada de decisões na área ambiental. Em ambos os casos, a experiên­cia do Biota foi apresentada. De acordo com Joly, o pa­­pel que o Biota desempenhou sinaliza a visibilidade que o pro­grama vem ganhando no cenário internacional. “Estamos pro­duzindo ciência de alta qualidade e transformando-a em políticas de conservação. Isso chama a atenção de programas de outros países, que enfrentam desafio semelhante”, disse. Segundo Joly, a meta agora é transformar a visibilidade em parcerias internacionais de pesquisa. “Quando você mostra que tem grupos de qualidade, a integração é estimulada”. A participação do Biota em eventos científicos será aprofundada em 2010, Ano Internacional da Biodiversidade. Um evento com a participação de especialistas de vários países deve ser promovido pelo programa em São Paulo, no dia 22 de maio, que é o Dia Internacional da Biodiversidade.

Republicar