NOTÍCIAS

Print Friendly

Academia Brasileira de Ciências empossa novos membros

O professor José Arana Varela, diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP, foi nomeado para a área de Ciências Físicas

ELTON ALISSON | Edição Online 16:10 9 de maio de 2013

 

Foram nomeados 26 novos membros titulares, em dez diferentes áreas, e dez membros correspondentes, em oito áreas

Foram nomeados 26 novos membros titulares, em dez diferentes áreas, e dez membros correspondentes, em oito áreas

Agência FAPESP – A Academia Brasileira de Ciências (ABC) empossou durante sua reunião magna, em 7 de maio, na cidade do Rio de Janeiro, os novos membros titulares e correspondentes da instituição. Correspondentes são aqueles que desenvolvem pesquisa fora do país.

Foram nomeados 26 novos membros titulares, em dez diferentes áreas, e dez membros correspondentes, em oito áreas. Entre eles, José Arana Varela, professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP, empossado na área de Ciências Físicas.

“É uma satisfação ser empossado como membro da ABC, uma instituição muito importante para o avanço da ciência no Brasil, que desempenha um papel estratégico para auxiliar a sociedade a se apropriar do conhecimento gerado pelas pesquisas realizadas no país e influenciar políticas públicas em prol do desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da inovação”, disse Varela.

Além de Varela, foram empossados na área de Ciências Físicas Daniel Mario Ugarte, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e Roberto Mendonça Faria, da Universidade de São Paulo (USP), campus de São Carlos.

Ugarte coordenou o projeto “Analytical transmission electron microscope for spectroscopic nanocharacterization of materials” e o Centro de Microscopia Eletrônica de Alta Resolução, no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS).

Faria coordena o Instituto Nacional de Eletrônica Orgânica (Ineo) e o Projeto Temático “Dispositivos eletrônicos e optoeletrônicos poliméricos”.

Na área de Ciências Matemáticas foram eleitos Alexandre Nolasco de Carvalho, da USP, Artur Ávila Cordeiro de Melo, do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), e Yuan Jin Yun, da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Carvalho coordena o Projeto Temático “Sistemas dinâmicos NCO lineares em espaços de dimensão infinita”.

Yun iniciou em 2006 uma cooperação com pesquisadores do Instituto de Ciências Matemáticas e Computação (ICMC) da USP por meio de um Auxílio Visitante.

Anita Jocelyne Marsaioli, da Unicamp, Antonio Luiz Braga, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e Elson Longo da Silva, da Unesp, campus de Araraquara, foram empossados como membros na seção de Ciências Químicas.

O professor José Arana Varela, que é diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP, foi empossado na área de Ciências Físicas

O professor José Arana Varela, que é diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP, foi empossado na área de Ciências Físicas

Marsaioli coordena o projeto “Potencial enzimático de minas de ferro, cobre e ouro, realizado no âmbito de um acordo da FAPESP com a Vale, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e a Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa).

Longo é coordenador do Centro Multidisciplinar para o Desenvolvimento de Materiais Cerâmicos (CMDMC) – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP, e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), apoiado pela FAPESP.

Em Ciências da Terra, tomaram posse Edmo José Dias Campos, da USP, e Marcondes Lima da Costa, da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Campos coordena o Projeto Temático “Impacto do Atlântico Sul na célula de circulação meridional e no clima”, realizado no âmbito de um acordo da FAPESP com a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) e a Agence Nationale de la Recherche (ANR), da França.

Carlos Eduardo de Matos Bicudo, do Instituto de Botânica, vinculada à Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, e Marcello Iacomini, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), foram nomeados para a área de Ciências Biológicas.

Bicudo coordena o Projeto Temático “Reconstrução paleolimnológica da represa Guarapiranga e diagnóstico da qualidade atual da água e dos sedimentos de mananciais da RMSP com vistas ao gerenciamento do abastecimento”.

Na categoria de Ciências Biomédicas foram empossados José Daniel Lopes, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Luiz Roberto Giorgetti de Britto, da USP, Patricia Torres Bozza, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e Richard Charles Garratt, da USP.

Lopes coordena o Projeto Temático “Células B-1: biologia, relações com outras células do sistema imune e participação em diferentes modelos experimentais”.

Britto é um pesquisadores principais do Projeto Temático “Células-tronco: dos papéis de receptores de cininas e purinas às aplicações terapêuticas” e coordena o projeto regular “Ácidos graxos poli-insaturados como moduladores da sinalização vanilóide no retinoblastoma humano”.

Garratt coordena o Instituto Nacional de Biotecnologia Estrutural e Química Medicinal em Doenças Infecciosas (INBEQMeDI).

Eliete Bouskela, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Flávio Pereira Kapczinski, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Roger Chammas, da USP, foram nomeados na área de Ciências da Saúde.

Chammas coordena o projeto “Aumento transitório da perfusão tumoral como estratégia de melhora da distribuição de moléculas com potencial terapêutico em modelo experimental de melanoma”.

Na categoria de Ciências Agrárias, foram empossados Dario Grattapaglia, pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e professor da Universidade Católica de Brasília, e Paulo Mazzafera, da Unicamp.

Mazzafera coordena o Projeto Temático “Control of lignin biosynteshis in sugar cane: many gaps still to be filled”, além do projeto regular “Avaliação de árvores nativas e não nativas da Mata Atlântica com a finalidade de restauração e exploração econômica de madeira em áreas impactadas com chumbo” e do projeto “Physiological responses of Eucalyptus globulus and E. grandis to high concentration of CO2 and temperature variations, identified by metabolomics and transcriptomics analyses”.

Celso da Cruz Carneiro Ribeiro, da Universidade Federal Fluminense (UFF), e Vitor Baranauskas, da Unicamp, foram eleitos para a seção de Ciências da Engenharia.

Baranauskas coordenou o Projeto Temático “Desenvolvimento de próteses de diamante e de materiais diamantíferos nanoestruturados”.

Completaram a lista de novos membros titulares da ABC Laura de Mello e Souza, da USP, e Peter Henry Fry, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Souza coordenou o Projeto Temático “Dimensões do Império Português: investigação sobre as estruturas e dinâmicas do Antigo Sistema Colonial”.

Os novos membros correspondentes são: Yves Pierre Petroff, Nicholas Farrell, Björn Kjerfve, David John Randall, Walter Soares Leal, Kurt Wüthrich (prêmio Nobel de Química de 2002), Eduardo Luis Fabiano Franco, Henrique Sarmento Malvar, Sadik Kakaç, Albert Fishlow e José Alexandre Sheinkman.

“A ABC ganha mais estofo com a posse de seus novos membros, que, além de contribuir para o avanço da ciência no Brasil, também têm o compromisso de ajudar a comunidade acadêmica brasileira a enfrentar os desafios com os quais o país se depara, como avançar a qualidade do ensino, superar os desequilíbrios regionais, modernizar as políticas públicas e intensificar a pesquisa industrial”, disse Marco Antonio Raupp, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, durante seu discurso na cerimônia de posse dos novos membros da ABC, realizada na Escola Naval, no Rio de Janeiro.

Além de Raupp, compareceram à cerimônia, entre outras autoridades, Jorge Almeida Guimarães, presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); Helena Bonciani Nader, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), e Glauco Arbix, presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).


Matérias relacionadas

Especial IAC 130 anos
ASTROFÍSICA
A provável origem dos raios cósmicos ultraenergéticos
Folheie a edição 259