Guia Covid-19
Imprimir Republicar

Estratégias

Acervo teatral na Unicamp

010-011_Estrategias_208-4Daniel BuenoO acervo do jornalista e poeta português João Apolinário (1924-1988), com mais de 500 críticas teatrais, cerca de 1,2 mil fotos de espetáculos e 250 programas de peças dos anos 1960 e 1970, foi entregue ao Arquivo Edgard Leuenroth (AEL) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que preserva registros dos mais diversos movimentos sociais ocorridos no Brasil. Apolinário foi redator e editor de variedades do jornal Última Hora, em São Paulo.

Durante o regime militar (1964-1985), escreveu sobre o teatro brasileiro e conviveu com uma reconhecida geração de diretores, dramaturgos e atores, como Gianfrancesco Guarnieri, José Celso Martinez e Raul Cortez. “Esse material compõe uma importante temática relacionada à cultura do Brasil e complementará o acervo existente”, disse a diretora técnica do AEL, Elaine Marques Zanatta, à Agência FAPESP.

A assinatura da doação foi realizada em São Paulo no dia 15 de maio, no lançamento do livro A crítica de João Apolinário – Memória do teatro paulista de 1964 a 1971, que reúne críticas dos espetáculos analisados por Apolinário.

Republicar