Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Sociologia

A boa vizinhança

GEORGE WITTEMYERQueniano tange gado nos limites de um parque nacionalGEORGE WITTEMYER

Um artigo publicado na revista Science contesta a idéia de que a criação de um parque ecológico é socialmente injusta com a população de sua região por restringir o acesso à área. George Wittemyer, pesquisador da Universidade da Califórnia em Berkeley, investigou a situação de 306 áreas protegidas na África e na América Latina e concluiu que a taxa de crescimento populacional nas bordas das reservas, num raio de até 10 quilômetros de seus limites, é duas vezes maior do que em outras áreas rurais das redondezas. “As pes­soas se concentram perto dos parques porque vêem benefícios nisso. Se fossem prejudicadas, procurariam outro lugar”, disse Wittemyer.  Há várias causas para o fenômeno. As pessoas são atraídas por oportunidades de emprego nas reservas, por ganhos de infra-estrutura, como a construção de estradas de acesso, e por vantagens geradas por investimentos na preservação da biodiversidade. O estudo alerta, contudo, que as reservas com grande concentração populacional em seus limites têm dificuldade maior de evitar invasões e de garantir a preservação da natureza.

Republicar