guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Alpha Crucis

A chegada do Alpha Crucis

eduardo cesarO navio oceanográfico no porto de Santos: benefício para pesquisadores de várias instituiçõeseduardo cesar

O navio oceanográfico Alpha Crucis foi inaugurado no dia 30 de maio, em cerimônia realizada no porto de Santos (SP). A embarcação, adquirida pela FAPESP para o Instituto Oceanográfico (IO) da Universidade de São Paulo (USP), substituirá o navio Professor W. Besnard. A aquisição do Alpha Crucis faz parte de um projeto de incremento da capacidade de pesquisa submetido à FAPESP pelo IO-USP. O descerramento da placa inaugural foi feito pelo governador Geraldo Alckmin e pelo reitor da USP, João Grandino Rodas. Participaram da cerimônia o presidente da FAPESP, Celso Lafer, o vice-presidente, Eduardo Moacyr Krieger, o diretor presidente da Fundação , José Arana Varela, o diretor científico, Carlos Henrique de Brito Cruz, o diretor administrativo, Joaquim José de Camargo Engler, e o diretor do IO-USP, Michel Mahiques. A expectativa é que o navio propicie um salto na pesquisa em temas como mudanças climáticas, biodiversidade e pré-sal (ver Pesquisa FAPESP nº 195). Lafer destacou que o navio, cuja gestão será de responsabilidade do IO-USP, poderá ser usado por cientistas de outras instituições. “Este é um grande dia para a oceanografia brasileira”, disse. Rodas enfatizou o alcance da aquisição. “Pesquisadores das universidades estaduais paulistas e de outras instituições brasileiras que tiverem projetos de pesquisa importantes serão beneficiados. Na luta para adquirir o novo navio, todos nós saímos vencedores”, afirmou.

Republish