Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

A hora e a vez do camarão-branco

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está coordenando o projeto de seqüenciamento genético do Litopenaeus vannamei, popularmente conhecido como camarão-branco, que é produzido em tanques de carcinicultura e representa um terço da pauta de exportação de pescado brasileiro. O projeto está sendo desenvolvido por uma rede de 14 laboratórios nos estados do Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo.

As pesquisas estão sendo financiadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e deverão custar R$ 3 milhões. Os pesquisadores também vão estudar a função de cada gene para determinar tanto a estrutura como o funcionamento do genoma, de forma a garantir melhor qualidade da produção.

Republicar