guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

MUNDO

A Índia testa sua vacina conta a Aids

A Índia vai entrar para o seleto clube dos países que testam suas próprias vacinas contra a Aids (Nature, 15 de janeiro). O país acumula 60 mil casos confirmados da doença e cerca de 4,5 milhões de infectados – mas se recusava a participar de experiências com as 30 vacinas em desenvolvimento no mundo. Ocorre que a maioria dessas vacinas utiliza uma variedade do vírus HIV predominante na América e na Europa, mas diferente da que atinge os indianos. A vacina é uma resposta do governo da Índia ao temor de que o país não estaria reagindo ao avanço da epidemia.

“Não havia vacina na Índia e isso obviamente era motivo de preocupação”, diz Seth Berkley, presidente da Iniciativa Internacional pela Vacina contra a Aids, organização com sede em Nova York que está ajudando a organizar a experiência indiana. O Instituto Nacional de Pesquisa da Índia espera realizar a primeira fase de testes em junho, aplicando a vacina em 40 voluntários saudáveis. A vacina é uma modificação do vírus da varíola bovina acrescido de uma seqüência de genes do HIV do subtipo C, predominante na Índia.

Republicar