Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

APICULTURA

Apicultores ganham com qualidade

Pesquisador desenvolve nova técnica para análise de própolis

Uma nova técnica de controle da qualidade de amostras e de extratos de própolis está disponível para os apicultores brasileiros. A pesquisa Proposta de Parâmetros e Métodos de Controle Químico de Própolis resultou em protocolos de análise desse produto sintetizado pelas abelhas. Ela foi coordenada pelo professor Antônio Salatino, do Laboratório de Fitoquímica do Instituto de Biociências da USP. Ele orientou o mestrado de Ricardo Woisky, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP e bolsista da FAPESP.

Publicado no americano Journal of Apiculture Research, o trabalho é importante, porque o Brasil é um dos grandes exportadores para países como Japão e Alemanha. “Corremos o risco de perder mercado se não houver uma padronização das características da própolis”, afirma Salatino. Depois de divulgar mais amplamente o trabalho no ano passado, Salatino recebeu correspondências de apicultores, mas nenhum interessou-se em implementar o novo método. “Eles pedem que a própria USP faça os testes. Mas eu acredito que essa não é função da universidade. Nós devemos dar consultoria para os apicultores desenvolverem a infra-estrutura e aplicarem esse método.”

Republicar