guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Artigos fantasmas

Dezesseis membros de um centro de pesquisa interdisciplinar sediado na Universidade de Göttingen, da Alemanha, estão sendo investigados por suspeita de fraude. Segundo o site da revista Der Spiegel, a universidade fez uma investigação preliminar e constatou que pesquisadores do centro declararam artigos científicos inexistentes num relatório em que pediam a renovação do financiamento à DFG, principal agência de pesquisa alemã. O centro, que estuda a estabilidade da floresta tropical da Indonésia, foi agraciado em 2000 com 16,6 milhões por nove anos. Após o escândalo, o pedido de 8,6 milhões suplementares para os próximos três anos foi retirado pelos pesquisadores, que pediram desculpas à DFG por fornecer informações falsas. O centro integra um programa da agência que financia mais de uma centena de projetos de pesquisa colaborativa em temas variados, pelo generoso prazo de 12 anos.

Republicar