Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Biodiversidade

As grandes adubadoras dos oceanos

Baleias-jubarte se alimentam em santuário marinho próximo à costa do estado de Massachusetts, nos Estados Unidos

Elliott Hazen

As baleias são os maiores seres vivos do planeta e importantes recicladores de nutrientes dos oceanos. Elas consomem uma quantidade colossal de alimento e suas fezes fertilizam as águas próximas à superfície. Era, porém, difícil saber quanto as grandes baleias comem porque elas buscam suas presas a até 100 metros de profundidade. Para conhecer melhor o consumo desses mamíferos gigantescos (os maiores chegam a 30 metros de comprimento), um grupo liderado pelo ecólogo Matthew Savoca, da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, rastreou o movimento de 321 baleias de sete espécies de 2010 a 2019 e, usando sonares, estimou o tamanho e a densidade dos cardumes de plâncton e peixes ingeridos. Conclusão: as baleias de grande porte consomem três vezes mais alimento por ano do que se estimava anteriormente. Por exemplo, uma baleia-azul (Balaenoptera musculus) come 16 toneladas de peixes, lulas e pequenos crustáceos por dia (Nature, 4 de novembro). Hoje, apenas no oceano Austral, as baleias reciclam, por ano, 1.200 toneladas de ferro, nutriente essencial para a reprodução do plâncton, organismos microscópicos que estão na base da cadeia alimentar marinha e contribuem para captar gás carbônico da atmosfera. Estima-se que essa quantidade de ferro fosse até 10 vezes maior no início do século XX, antes da caça industrial, que dizimou várias espécies.

Republicar