guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Biocombustível africano

O Sudão, maior país africano em área territorial, começou a produzir etanol de cana-de-açúcar em junho com a inauguração da primeira usina do país, a 250 quilômetros ao sul da capital, Cartum. Com capacidade instalada para produzir 200 milhões de litros de álcool, o que deverá ocorrer só daqui a dois anos, a usina foi projetada e fabricada pela empresa Dedini, com sede em Piracicaba, no interior paulista, para o grupo Kenana. O grupo empresarial, que pertence ao governo sudanês e a fundos árabes, já produz açúcar a partir da cana. O Sudão também investe em outra frente para a obtenção de biocombustíveis a partir da palha de arroz, em parceria com o Egito.

Republicar