guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Biotecnologia à moda indiana

As companhias da biotecnologia da Índia estão ganhando proeminência global, graças a seu know how de produzir remédios inovadores ou genéricos e vacinas de baixo custo. Um estudo sobre as 21 principais empresas indianas da área, publicado na revista Nature Biotechnology, mostra que elas estão conseguindo suprir demandas regionais. Em 1997 a empresa Shantha Biotechnics, de Hyderabad, iniciou a produção doméstica de uma vacina contra a hepatite B. O preço da dose caiu de US$ 15 para apenas US$ 0,50. O trabalho, de autoria de Peter Singer, da Universidade de Toronto, no Canadá, faz recomendações para os empresários, como evitar a todo custo que se associem a multinacionais. Ele alerta para o risco de que o canto da sereia do mercado internacional reduza o empenho na busca por terapias contra doenças de países pobres. O estudo constata que as empresas expandem-se no exterior. Cita a compra, em 2006, da norte-americana Nobex pela indiana Biocon por US$ 5 milhões.

Republicar