guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Buriti na construção civil

O Instituto de Pesquisas da Amazônia (Inpa) foi o grande vencedor do Prêmio Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) de Tecnologia 2002, em sua oitava edição. Do primeiro ao quinto lugar, todos os premiados são pesquisadores do instituto.

Criado em 1994, o prêmio tem como objetivo reconhecer e estimular a realização de trabalhos e invenções com temática amazônica que possam contribuir para o desenvolvimento da região. O primeiro lugar ficou com um projeto que utiliza o pecíolo (parte do tronco que sustenta as folhas) do buriti, palmeira que chega a atingir 30 metros, para fabricar divisórias usadas na construção civil, em substituição à madeira, gesso e isopor.

Quando o pecíolo chega à fase de envelhecimento, quebra junto ao tronco e, em cerca de 72 horas, entra em processo de decomposição. Os pesquisadores do Inpa interromperam essa seqüencia para extrair o pecíolo. “Dessa forma, não é necessário derrubar as palmeiras para manufaturar as placas”, explica o coordenador do projeto, Jadir Rocha, que trabalhou com outros seis pesquisadores. “Realizamos estudos tecnológicos para avaliar a secagem do material, resistência mecânica, densidade e comportamento em máquinas de serra”, conta.

Republicar