guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Economia

Causa do desmatamento

Entender as forças determinantes do desmatamento que ocorre em áreas de colonização ao longo da rodovia Transamazônica é a essência do artigo Ciclo de vida da família e desmatamento na Amazônia: combinando informações de sensoriamento remoto com dados primários, de Marcellus Marques Caldas (Universidade Harvard), Robert Walker e David Skole (ambos da Universidade Estadual de Michigan), Ricardo Shirota (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) e Stephen Perz (Universidade da Flórida). O estudo examina as relações entre as características sociodemográficas das famílias de pequenos produtores na Amazônia e o ciclo de vida no processo de tomada de decisão de desmatar. O estudo de análise foi conduzido combinando informações de sensoriamento remoto e de sistema de informações geográficas com dados primários de 153 pequenos produtores estabelecidos ao longo da rodovia Transamazônica. Os resultados levaram à conclusão de que as características sociodemográficas das famílias, bem como fatores institucionais e de mercado, influenciam a tomada de decisão de uso da terra. Isso sugere que os efeitos observados são explicados pela mudança para pastagens, no momento em que há transição de sistemas agrícolas de subsistência para sistemas mais orientados para o mercado. Além disso, a demanda de consumo da família exerce notável efeito, indicando que este tipo de abordagem, isto é, modelos que consideram a agricultura familiar, é importante em análises de processos de desmatamento em áreas de colonização. Segundo o estudo, o desmatamento tem várias causas, entre elas as políticas governamentais para a região, abrangendo a construção de estradas, a extração madeireira, a mineração, a criação de fazendas agropecuárias e a migração de pequenos produtores.

Revista Brasileira de Economia vol. 57 – nº 4 – Rio de Janeiro – out./dez. 2003

www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-7140 2003000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Republicar